Páginas

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Tenho uma namorada e não sei como contar para os meus pais

Anunciar para os pais que a gente começou a nossa vida sexual (mesmo que não tenha sexo, ficar, beijar, namorar é sim uma iniciação no assunto) já não é das tarefas mais fáceis, quando ainda se tem que enfrentar um tabu como esse da homossexualidade, tudo fica ainda mais difícil.

Mas não precisa ser um terror. Na verdade, depende muito de como forem os seus pais. Se eles gostam de conversar, sabem te ouvir e te respeitam, são grandes as chances de que esse momento será tranquilo. Talvez cheios de dúvidas, inseguranças e surpresas, mas sem drama.

Você tem duas alternativas. Primeiro, é contar para eles apenas sobre a sua homossexualidade. Por mais que você tenha receio da reação deles, você só saberá como ela será, de fato, quando fizer isso. E eu, particularmente, acho melhor lidar com o real do que ficar especulando possibilidades. É preciso uma boa dose de coragem, mas fica como incentivo a idéia de você poder ser, na frente deles, quem realmente é. Isso é libertador!

Outra opção, e essa vale para todas as meninas, é apresentar a sua gatinha (ou seu gatinho) para os seus pais como uma amiga (ou um amigo). Deixar que eles tenham contato e se conheçam pode facilitar o processo de aceitação quando seus pais souberem da novidade. Pelo menos eles já vão saber que a menina (ou o menino) são gente boa e tem carinho por você.

Lógico que existirão perguntas e resistências, mas é importante entender que esse também pode ser um momento complexo na vida dos seus pais. Portanto, se a primeira reação deles não for das mais legais, tente não bloquear completamente o diálogo entre vocês. Muita conversa e muito respeito são fundamentais sempre. Não desista.

Agora, se os seus pais forem super caretas e conservadores, vale refletir se vale a pena se expor dessa maneira. Acho que antes de qualquer coisa, vale a pena procurar ajuda de alguém que já passou por essa experiência, ou ainda um psicólogo.


O pai da minha amiga quer que a gente se separe

Olha , se ele quer concerteza sua BFF deve obedecer !
Mais tente conversar com ele , pergunte o motivo para isso acontecer , mais não brigue com ele , tente conversar como gente sibilizada por favor :)

Ele disse que me ama, devo acreditar?

Pergunta : “Nós estávamos a fim um do outro fazia um tempo e finalmente ficamos. Ele falou que me amava, foi todo fofo e me encheu de esperanças. Depois de uns dias, entrei no Orkut dele e vi um MONTE de depoimentos de uma menina falando que gostava dele e tal e fiquei super cismada. Perguntei para ele se havia algo entre eles e o garoto me garantiu que não. Mas não sei se devo acreditar no que ele diz ou não.”
Resposta : Se é verdade que não dá para sempre acreditar numa declaração de amor, também acho que não precisa desconfiar de todas elas.

Por um lado, dizer “eu te amo” é mesmo bem fácil, são palavrinhas simples, que têm sucesso garantido com qualquer audiência. Então, de vez em quando, a gente abusa, mesmo sem ter intenção de enganar. Às vezes o garoto pode estar tão feliz por vocês terem ficado que acaba confundindo essa sensação boa com amor. Outras vezes o moleque é mentiroso de carteirinha mesmo…mas desses eu não quero nem falar. Até porque acho que não é o caso do gatinho da P..

Agora, se é fato que a gente não precisa confiar 100% na sinceridade de uma declaração, não quer dizer que temos que entrar no modo paranóia e achar que estão sempre querendo nos enganar. Afinal, além de dizer que te amava, você mesma disse que ele foi super fofo. A gente tem que aprender que atitudes têm muito mais valor do que palavras.

Então, talvez não seja amor (ainda), mas parece que ele realmente curtiu estar com você. Será que isso já não é suficiente? Afinal, vocês acabaram de ficar e amor, de verdade, é construído com o tempo. Sendo assim, se eu fosse você, relaxava e curtia sem pressa. Deixa o negócio evoluir naturalmente, sem querer acelerar e ter todas as certezas do mundo logo de começo.

Quanto à menina do Orkut…..Todo mundo sabe que o povo diz o que quer nos depoimentos, portanto não leve tão a sério. Se ele disse que não é nada, acredite. Lógico que é sempre bom ficar esperta com essas coisas, mas tem que tomar o maior cuidado para não deixar essas cismas maiores do que elas merecem. Ciúmes sem motivo é das coisas mas chatas que existem, e um dos maiores “espanta gatinho” que eu conheço.

Quem aí também está a dúvida se o gatinho diz ou não a verdade? Será que existe algum jeito para a gente encanar menos com isso?

Tenho medo de chegar nele

Pergunta : “Há alguns meses reparei em um menino da escola e não consigo parar de pensar nele. Ele é tímido, super na dele. Já conversamos algumas vezes no msn, mas na escola nunca nos falamos, só trocamos sorrisos. Tenho medo de chegar para conversar com ele e a coisa não fluir. O que eu faço? Vou mesmo com um pouco de receio ou espero ele tomar uma atitude e vir falar comigo?”
Resposta: Acho que a gente precisa aprender a viver com um pouco mais de leveza. Parar de querer controlar tudo, de querer ter certezas antes de tomar atitudes, de querer que tudo sempre dê certo. A vida simplesmente não é assim. Não é feita só de acertos, de sucesso de decisões certas. Pelo contrário, na maior parte das vezes, ela é toda meio torta, meio confusa, meio descontrolada e, na real, é por isso é tão legal.

Digo isso porque muitas vezes recebo e-mails de meninas que se deixaram dominar por esse medo das coisas não saírem como o planejado e simplesmente pararam de buscar aquilo que querem. Temos que entender que, às vezes as coisas vão dar errado sim, mas TUDO BEM.Levanta, sacode a poeira e dá a volta por cima.

Talvez o caso da F. não seja tão extremo, afinal, ela está considerando ir conversar com o gatinho, mas já cansei de ler histórias de meninas que ficam cultivando cinco anos de amor platônico e não tomam nenhuma iniciativa por conta desse medo do inesperado. Uma pena.

Portanto, dou o maior apoio para a nossa amiga tomar uma atitude. Pode ser que numa primeira vez a conversa saia meio esquisita, mas a gente também tem que aprender a rir dessas situações. Se não fluir, depois comenta com ele no MSN, diz o quanto você ficou envergonhada, dê risada, descontraia, isso vai acabar deixando o menino mais à vontade também. Na próxima vez, será mais fácil, garanto!

Enfim, o segredo é tentar deixar as coisas menos pesadas, entender que desencontros não são o fim do mundo e que é mais gostoso arriscar do que esperar sentada.

Mas, atenção, nada de sair se declarando pro menino de cara, hein! Quem lê aqui conhece minha opinião: declarações de amor repentinas assustam!

Eu era BV e ele não!

Pergunta : “Ele disse que pra mim que era BV e que eu não tinha motivo para ter vergonha de ficar com ele, a gente acabou se beijando e depois descobri que aquela não era a primeira vez dele. Agora, acho que fiz tudo errado e tenho medo de perguntar o que ele achou.”
Resposta : Sempre aparece uma mega sensação de insegurança quando ficamos ou namoramos com alguém. É como se aquilo fosse uma prova e a gente tivesse obrigação de tirar a nota mais alta. Afinal, todo mundo quer ser elogiada, amada, desejada, aprovada.

Mas será que é preciso TANTA encanação?

Tem duas lições que todo mundo devia aprender: a primeira é que é IMPOSSÍVEL agradar todo mundo o tempo todo nessa vida. Isso significa que, seja quando falamos de família, amigos, ficantes ou namorados, uma vez ou outra a gente sempre vai decepcionar as expectativas dos outros. E o contrário também é verdade. E tudo bem, nada mais normal, nada mais humano.

A segunda coisa é que beijo bom é beijo com entrega. É beijo sentido e não pensado. É desligar um pouco a cabeça e deixar as sensações do corpo comandarem. Nada de pensar no antes ou no depois, beijo é momento presente, é AGORA. Para as nossas cabecinhas que andam sempre a mil, é um exercício e tanto, mas garanto que quem conseguir não vai se arrepender.

Isso tudo para dizer para K. o seguinte: não pira! Para começar, que autoridade tem esse garoto para avaliar se o seu beijo foi certo ou errado?

Eu acho NADA A VER perguntar para o menino o que ele achou. Na minha opinião, fazer isso seria se colocar numa posição de inferioridade, como se ele fosse um super expert no assunto e tivesse o poder de determinar o que é ou não um beijo bom. E ter beijado duas, três ou até vinte vezes antes não dá a ele esse status. Simplesmente porque cada beijo é diferente do outro. Portanto, se ele gostou do beijo, ótimo. Se não, isso não quer dizer que o seu beijo foi errado, simplesmente que não “casou” com o dele. E isso é SUPER normal.

Vocês concordam comigo?

O que fazer depois do beijo ?

Pergunta : “Tenho uma dúvida muito simples, mas procuro explicações e não acho. Sempre que fico com alguém, não sei o que fazer quando termino de beijar. Não sei o que devo fazer: abraçar, olhar, ficar quieta, sair? Não sei!! Tenho mania de dar um abracinho e sair, mas acho chato. E aí?”
Resposta : Na primeira ficada , aquele GATO que começa a conversa , não fique calada se não fica chato , mais também não fica tagarelando na cabeça do garoto , bate um papo que fica bom !

Como dar seu primeiro beijo ?

Beijo na boca

Se você é um(a) daqueles(as) marmanjos(as) que não perdeu a vergonha na cara ou aquele(a) garoto(a) tímido(a) que está pronto(a) para novos desafios, o lugar é aqui mesmo. Posso não ser lá aquele cara que manja muito de primeiro beijo, tanto que mal lembro o meu, mas umas dicas posso compartilhar. Então, você só passa adiante se você responder sim na seguinte pergunta: Você é BV? Se sim, então nem precisa se preocupar porque você vai saber de tudo um pouco sobre como dar seu primeiro beijo na boca sem vexames e sem vergonha.

Sua idade não importa…

Tenha seus primeiros anos da adolescência ou seu anos após seu começo. Não importa. Existe gente que tem 19 anos e ainda não beijou. E não estou mentindo. Eu vi isso quando eu ainda era BV, e como você, ficava procurando no Google sobre o assunto. O mais encontrado é 16 anos, mas muita gente adimite ter perdido o BV mais tarde. Conheço diversas pessoas que perderam o BV com 20 anos para cima. Não há idade para beijar. E se alguém te zoa por isso, fique na sua, não ligue para essas pessoas. Geralmente quem perde o BV mais tarde consegue maiores amores mais cedo.

Arranje um par…

Tenho certeza que você gosta (ou até mesmo ama) alguém perto de você. Uma mina(mano) da sua sala ou… então aquela(e) garota(o) que você conhece a tempos e nunca teve coragem de falar que gosta dela(e). Eu fui assim. Gostava de meia dúzia de garotas só da minha sala. Mas ficava quieto, com medo. Sei lá. Tímido talvez. Escolha bem o seu primeiro par. O primeiro beijo é sempre o melhor quando feito com alguém que você realmente gosta, realmente se interessa, e o mesmo para ele(a). Na maioria das vezes não sabemos se essa pessoa está interessada. Mas tente. Se não der, apenas peça desculpas e volte a amizade. Não escolha ficar com uma pessoa que gosta de você mas você não apenas para tirar sua BV. Uma dica é não pegar tanta amizade dessa pessoa, pois se você for tímido pode atrapalhar a relação. Ou então se pegar amizade, sempre abraçe, faça carinho na nuca, beije seu rosto, fala que adora.

Filosofia do saber beijar

Antes de tudo tenho que explicar como beijar. Bom, deixo explícito que cada pessoa beija de uma forma diferente, outro motivo para não ficar com medo, já que muitas das vezes o par nem mesmo percebe que você é BV. Quando eu era BV, eu me preocupava com isso. Me perguntava: Será que ela vai perceber? ou afirmava que Não posso ficar com essa pessoa porque ela não pode saber que sou BV, ou então quero dar um beijo especial por isso tenho que perder a BV antes. Mas isso tudo digo que é besteira pensar. Ninguém sai espalhando sobre seu beijo. E mesmo se espalhar, com certeza não falará se você é BV. Juro, isso é certo. Mas para saber beijar muito bem só beijando. Beijar gostoso é beijar sem nervosismo, com a pessoa certa, devagar, virar poucas vezes a cabeça, sem babar, sem pressa na língua, sem bater os dentes.

Mas sempre é bom treinar o beijo em casa, para a língua se exercitar um cadinho. Para isso, tente imitar as pessoas que você já viu beijando. Até mesmo na TV. No final do artigo tem links para vídeos. Assista! Veja o seguinte:

Faça você mesmo: treine um beijo

1°>

Pegue um copo pequeno e bote gelo dentro. Tente pegá-lo com a língua. Simples.

2°>

Corte uma laranja em quatro e chupe ela. Passe sua língua tentando amassar o interior da parte cortada.

3°>

Não tem o cotovelo? Então, não tem a dobra? Da articulação do braço? Dobre na altura de sua boca e fique passando a língua.

4°>

Pegue o polegar e o indicador. Faça uma mini-boca com eles e enfie a língua no buraquinho. Finja ser uma boca real.

Parta para a preliminar…

Como disse no título, mostrarei como dar seu primeiro beijo com estilo, de uma forma bem elegante. Mas antes, tenho que dizer uma coisa: NUNCA beije o cara ou a garota de olhos abertos… NUNCA!

1° método – escola: Bom seria estudar a noite, mas como isso é muito incomum no ensino fundamental e médio, temos que nos virar de manhã. Encontre um momento em que os dois possam se encontrar. Recreio, ou um dia que os dois tenham trabalho na escola, hora da saida, entrada. Basta pegar coragem, coisa difícil, mas não impossível. Encoste em uma parede, da arquibancada da quadra por exemplo, onde não tenha muito fluxo de pessoas. Quando essa pessoa passar por lá, chame, como se fosse falar qualquer coisa. Quando estiver encostado, encontre um jeito perfeito para encaixar os dois na hora H, um bom jeito é abrir um pouco a perna e deixar na parede as costas. Sentar talvez seria pior porque a outra pessoa quando chamada não iria se sentar. Então voltando, chame ela(e). Se estiver muito longe, fala para chegar mais perto, pois tem que contar um segredo. Ela(e) estará em sua frente. Olhe para seu olho, vá movendo suas mãos para as mãos dela(e), devagar (IMPORTANTE!), mas nem tanto, olhe para sua boca e dê um estalinho. Isso mesmo, sem antes mesmo de perguntar nada. Pronto, se a pessoa fugir é porque não quer ficar com você ou porque tem vergonha. Se isso acontecer (menos de 13% de chance comprovada), não se preocupe, não existe apenas essa pessoa no mundo, apenas não fique perguntando o porque. Tente outros métodos com outras pessoas. Tá, mas se der certo vamos continuar. Você deu um estalinho. Voltou devagar para sua posição. Com uma das mãos, se ela for garota,faça um pequeno carinho, botando o cabelo dela para trás da orelha, se for garoto, apenas bote a mão atrás da nuca. Pergunte baixinho: fica comigo? enquanto faz esse gesto. Enquanto chega ao final da pergunta, avançe com a cabeça e dê mais um estalinho, e beije da forma que expliquei antes. Pronto! Na marra, sem deixar ela(e) responder.

2° método – festas: Essa é mais rápida, e aconteceu comigo. Você se amarra na festa, dança se diverte. Ou então fica numa roda de amigos(as). Só não se isole. Tem duas maneiras. Ou faz parecido com o da escola (vai pra um lugar melhor,parede, psiu, estalinho, fica cmg?, beijo) ou assim: Fique de olho na pessoa, veja se ela(e) olha pra você também. Se for menina, dê uma risadinha para baixo para o menino. Se você for menino, olhe para ela. Daçe e vá chegando mais perto. Tente encaixar a música ao seu rítimo. Quanto mais lerdo melhor. Vire e fique a frente dela(e) e começe a dançar juntos. Dá aquela abraçadinha de frente e depois de uns 3 segundos beije. Pronto.

3° método – rua : Sair com os(as) amigos(as). Gostou de alguma(um) menina(o) que está parada(o) com as(os) amigas(os) na frente do shopping?

Se você for garoto: Peça para um amigo seu chegar nela por você. Ele vai falar para ela que você (ai aponta) tá afim dela. Ele vai voltar com uma resposta. Se ela também tá ou não. Quer dizer, não sei porque mas elas insistem em dizer "não sei". Se for o caso beleza. Chama ela de longe mesmo para conversar. Se preferir sozinho melhor, mas também pode levar seus amigos e os amigos dela. Ai você também ajuda eles né! Ai vão batendo um papo, se conhecendo. Andem um cadinho. Só não fique por fora da conversa. Ai pode ser que aconteça duas coisas. O assunto morre ou corre. Se morrer você chama a menina que você tá interessado para dar uma volta. Sozinhos. Encosta num paredão e ela sabe fazer o resto. Tudo corre naturalmente. Mas o bom é quando o assunto corre. Aí geral fica perguntando quem gosta de quem, zuando todo mundo, mandando ficar. Então você fala a verdade. Fala de quem você gosta. Ai se todos ficarem gritando: "Fica! Fica! Fica!" você vai e beija na moral, um beijo rápido. Ninguém vai perceber que você é BV muito menos ela. Ai depois vocês conversam, sentam num banco e se beijam para valer. ESQUEçA DO NERVOSISMO.

Se você for garota: É meio difícil encontrar garota que pede pra ficar. Geralmente os meninos vão em cima de você. Apenas de uma piscada de olho para ele. Olhe para os olhos dele e ele fará o resto. Mas se você quer dar em cima, então o melhor a fazer é ser curta e grossa. Chegue perto e pergunte: Fica comigo? Sim.

A língua dentro da boca

O que acontece com a língua dentro da boca? Isso é o que a maioria pergunta. E vou sempre dar a mesma resposta. É IMPOSSÍVEL descrever o que ocorre com as línguas. Isso porque cada pessoa é única nesse mundo. E seu modo de beijar também. Tem umas que preferem mecher mais a língua, tem outras mais quietinhas com ela… enfim… cada caso é um caso. Você só descobre beijando. Beijar é um ganho de experiência para ambos. Os dois vão se descobrindo. Então, não existe uma explicação definitiva para isso. Cada pessoa explicaria de um jeito. O único jeito de saber é beijando.

Sobre mau hálito

Essa é uma coisa que pouca gente tem, mas muita gente se preocupa. Mau hálito pode vir de duas situações: Falta de higiene OU problemas de barriga etc. Mas pros dois existem maneiras para diminuir ou difarçar para que o beijo se torne perfeito.
Escove sempre os dentes. Sempre que lembrar. Mesmo que não tenha comido nada, se passou perto do banheiro, pegue na escova. Tente fazer disso um costume, um hábito.
- Escove sempre a língua.
- Use sempre o fio-dental.
- Se puder use algumas vezes por dia aquele troço pra bocejar. Anti-séptico bocal.
Agora quando tiver prestes a um beijo, ou uma festa ou algum encontro, leve no bolso um chiclete bom (TRIDENT) pra isso. Ou uma halls. Já vai pra lá mastigando. Se tiver com bala, na hora que for beijar, jogue fora, no chão mesmo. Se for chiclete, ainda dá pra aproveitar, ou você joga fora ou guarda do lado da boca, igual quando você tá de boca cheia e quer falar com sua mãe. Isso ajuda a tirar o mau hálito e dá um gostinho a mais na hora do beijo.

Contendo a saliva

A maioria não enfrenta esse problema e o que vou dizer serve mais para aqueles que já não são mais BVs mas que se preocupa com isso. Quem é BV não precisa se preocupar sobre isso na hora.
Então, pra quem se preocupa com a saliva, pra quem acha que é muito babão, vai aí umas dicas:
Quando for beijar, tenta esquecer sobre isso. Na hora que os dois se beijarem, sei que você vai se preocupar, mas tentar esquecer disso antes de beijar ajuda no primeiro encontro das boquinhas ok?
Tente controlar a saliva. Como? Não sei. =D Mas os dentistas devem ter algum truquezinho pra falar com você, pergunte a ele!
Se você sentir que o beijo tá ficando molhado di mais, pare o beijo rapidim, dê um beijim nele, ingula a saliva e volte.. Iss é coisa que se faz em 1 segundo.
Um truque para ele(a) não perceber que você tá engolindo a saliva, é justamente o que acabei de falar: Dê um estalinho nele(a) enquanto engole, e volte a beijar… =D
Mas não há muito o que falar sobre isso, tem gente que libere mais saliva mas não é nada que possa atrapalhar definitivamente um beijo.